A Ironia do Perigo

Hoje em dia, saída a noite (vulgo balada), é algo muito perigoso, devido a assaltos, estupros, assassinatos e afins. Acontece bastante, não precisa ser um gênio pra saber disso, leia os jornais. Mas, hoje, é sabido precisamente o horário em que ocorrem estes tipos de ataques, e os modos para se evitar.

  • Fiquei sabendo uma vez que a maior ocorrência destes ataques é pela madrugada.. provavelmente pq o pessoal ta meio “groge” voltando da balada.
  • Fiquei sabendo outra vez, que a maior ocorrência destes ataques é no fim da tarde, quando o pessoal começa a ter sono, e estão todos cansados voltando de seus trabalhos.
  • Fiquei sabendo também, uma outra vez, que a maior ocorrência destes ataques é no meio da noite, quando não tem iluminação, e é mais fácil para promover os ataques, e mais difícil pra polícia localizar os indivíduos.

Não que esses ataques não ocorram durante o dia!

Talvez você, assim como eu, não conheça nenhuma vítima pessoalmente, mas não precisa conhecer algum caso real pra saber disso, como eu disse, leia os jornais.

Para tentar evitar ao máximo os casos de furto ou assalto, por exemplo, deve-se ser um tanto quanto discreto. Não mostrar caso esteja andando com aparelhos caros, como os últimos modelos de celular, ou um laptop. Dependendo da localidade deve-se tomar cuidado com seu lanche, pacotes de bolacha e salgadinhos também. E não erguer muito o pé ao andar, para evitar o furto dos sapatos. Se estiver de carro, dependendo da localidade, deve-se estar a um mínimo de 40Km/h para evitar o furto dos pneus.

Para as mulheres evitarem as tentativas de estupro, apenas aquelas a quem se aplicar estas dicas, devem evitar falar sobre futilidades e sobre a vida dos outros ao telefone enquanto andam na rua, pois isso demonstra que ela está distraída, além de demonstrar que não cultura nem assunto, e facilita para o estuprador capturar a suposta idiota. Em caso de suspeita, olhe bem na cara do sujeito e pergunte as horas, Li que eles temem fazer o ataque caso a vítima tenho visto seu rosto, pois seria mais fácil identificá-lo para a polícia. Ou, ainda, pode ser que ela o procurasse para casar, o que não é o objetivo do estuprador.

Ainda para as mulheres, um bom modo de evitar estupros é andar vestida. Uma vez, voltando da balada, vi no Parque Dom Pedro uma menina, as 6hs da matina, voltando de um baile funk, ou do serviço, não perguntei. Ela era o que eu chamo de mulher prática! Estava apenas com sua pequena bolsa, um minúsculo sutiã, e aquelas bermudas-cachecol. Como diz Balu: “O necessário, somento o necessáio” (já assistiram Mogli?).

Bem, pra finalizar, não podemos nos esquecer que, na verdade, o simples fato de sair pra rua (vulgo passeio), já é um grande risco de vida. Os carros desgovernados, as balas perdidas, as bostas de cachorro na calçada – que podem fazer vc escorregar, bater a cabeça, e ainda morrer cheirando merda.

Na verdade, mesmo dentro de casa você tem muitos riscos de vida, como a quina da pia somada ao piso escorregadio, ou das facas na cozinha somadas a TPM das mulheres da casa…

Bem, pra finalizar, de novo, acho que podemos concluír que o único jeito de não correr riscos é não estar vivo. Mas não faça nenhuma besteira! Como já disse meu sábio amigo Autor Desconhecido: “Suicídio só leva a morte”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s